Maratona de Natal # 1 – As Crônicas de Natal – 2018

Resultado de imagem para as crônicas de natal

AS CRÔNICAS DE NATAL
The Christmas Chronicles
EUA
Ano: 2018
Onde assistir: Netflix
Elenco: Kurt Russel, Darby Camp, Judah Lewis
Uma coisa que sempre gostei em filmes de natal são que conseguem ser descomplicados, divertidos, fofos e até mesmo passam alguns valores como união, caridade e a importância da família. São os tipos de filme pra você desligar o cérebro e curtir umas boas horinhas de diversão, risadas e entretenimento puro. E é claro que este filme não podia ser diferente, conseguindo até mesmo trazer um diferencial de um papai noel sarado e em forma que sempre fica indignado com a imagem que é mostrado – o senhorzinho barrigudo e bonachão. 

Kurt Russel é o responsável por interpretar o “bom velhinho” aqui e que impressiona bastante, por ser um Papai Noel um pouco diferente dos outros. Ouso dizer que este Papai Noel está com tudo em cima mesmo hein? Dêem uma olhada aí na foto que vocês vão entender o que estou falando, rs. 
O filme gira em torno dos irmãos Kate e Teddy, que recentemente sofreram uma perda muito grande: o pai, que era bombeiro, acaba morrendo no cumprimento do dever, e este é o primeiro natal que eles e a sua mãe, Claire, passam sem ele. O pai era muito ligado ao natal, e por isso para eles é uma época bem difícil. Teddy sem saber lidar com isso acaba se revoltando, envolvendo-se com amigos barra pesada, se afastando da família e querendo deixar de lado tudo o que se refere ao Natal. 
Mas então Clare, que é enfermeira, acaba tendo que trabalhar na véspera de natal, para cobrir o turno de uma de suas colegas que teve um problema, e deixa os filhos em casa, intimando Teddy a ficar tomando conta da irmã caçula, o que ele acha mara #sóquenão. E Kate, que apesar dos pesares, é uma criança cheia de sonhos e esperanças, ainda acredita piamente no Papai Noel e um dos seus desejos, como sendo uma parte dessa geração tecnológica, é conseguir gravar o bom velhinho ao vivo e a cores em câmera, para poder provar ao seu irmão que ele existe. 
É aí que a menina tem uma brilhante ideia: preparar uma “tocaia” para ficarem juntos esperando a chegada do Sr. Claus e poderem ter uma imagem dele gravada para a posteridade. E no final das contas, não só conseguem gravar o bom velhinho – que, como disse, de “velhinho” não tem é nada – como também, acabam indo parar dentro do seu trenó!
Como Papai Noel não está esperando encontrar duas crianças enfiadas lá dentro, toma o maior susto, perde o controle do trenó, e os três acabam se esborrachando em uma rua no meio de uma outra cidade qualquer, quebrando o mecanismo que o faz viajar rápido, perdendo o seu saco de brinquedos o seu chapéu e todas as renas – que acabam fugindo assustadas, tudo de uma tacada só, olha que maravilha.
Agora Kate e Teddy, junto com Papai Noel, terão de partir em uma missão: recuperar as renas (que saíram loucas e desvairadas pela cidade adentro), encontrar o saco de presentes (que sabe-se lá em que lugar foi parar), achar o chapéu (esse então, sumiu de vez…) e recuperar o dispositivo do trenó (que quebrou na queda), tudo isso antes do amanhecer… ufa!! é muita coisa pra resolver em pouco tempo, né não? rsrs. É claro que muitos perigos, brigas e aventuras esperam por essa turma, para poder manter a salvo o espírito de natal e a alegria e esperança de tantas crianças.
E como eu sou uma tiazona, sei que alguns de vocês não vão nem fazer ideia o que vou falar agora, mas esse filme me lembrou demais um outro similar (com a diferença de que não se passava no natal) sobre aventuras que duravam uma única noite: Uma Noite de Aventuras, filme de 1987 estrelado por Elisabeth Shue e dirigido pelo rei dos anos 80, Chris Columbus, onde uma babá, as duas crianças que cuida e mais um amigo dessas crianças passam por várias aventuras durante a noite inteira para ajudar uma amiga dela. Tudo que tinha de dar errado deu pra eles, igual a esse filme. E Ok, agora quem tem coragem de admitir que tem a idade pra ter assistido esse filme várias vezes na sessão da tarde manda um comentário lá embaixo! rs.
Enfim, Crônicas de Natal é bonitinho, engraçado, divertido e com interpretações legais, que vão te deixar com o coração mais leve e feliz. E destaque para a atriz que interpreta a Mamãe Noel, que aparece no final do filme e que achei uma grata surpresa. Não vou falar quem é, vocês vão ter que assistir, rs.
E outra coisa: exijo que alguma empresa de brinquedos façam uma linha completa com elfos fofos de pelúcia, porque já quero pelo menos uns 10 deles! rsrsrs.
Beijos e até,
Gisele
Anúncios

Um comentário em “Maratona de Natal # 1 – As Crônicas de Natal – 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s